dezembro 11, 2008

Manoel de Oliveira.100


Porto, 11/Dezembro/1908
Porto, 11/Dezembro/2008
100 Palavras.

4 comentários:

direitinho disse...

Parece não ter as palavras certas para falar deste português tão nobre e trabalhador.
As sua obras falarão por ele e por toda a equipa que com ele trabalha.
Portugal continua a dar novos mundos ao mundo. Parabéns Senhor Manuel Oliveira

Vap disse...

No caso de Manoel de Oliveira as palavras chegam a ser supérfluas, tamanha é a sua grandeza.
Porém, no post anterior - Aniki Bobó - julgo ter prestado uma bonita homenagem a Manoel de Oliveira.
Na minha perspectiva, claro.
Mas acredito que também na dele.
Em todo o caso, agradeço o seu comentário e creia que ainda vou ter muitas palavras para falar sobre Manoel de Oliveira.

Anónimo disse...

No incio do outro século, os pais do m/ avô tinham um restautrante na zona da Batalha. O Man.Oliveira ia lá com os pais dele e conviveu de perto com o m/ avô. Ainda se deve lembrar.JB

Anónimo disse...

Parabéns!